Cuidados na produção de suínos em épocas de frio

Categorias: Suíno, Suínos, Suíno
Aug 08
Cuidados na produção de suínos em épocas de frio

Durante o inverno é preciso dar mais atenção às temperaturas e ao comportamento dos animais

A produção de suínos exige cuidados especiais para que o melhor desempenho seja alcançado. Ao longo das fases de maternidade e creche, por exemplo, são disponibilizadas soluções e tecnologias específicas que auxiliam no desenvolvimento correto dos animais.

Durante o inverno no Brasil, com as baixas temperaturas em algumas regiões, as preocupações se voltam às condições dos ambientes onde os animais estão alojados, variando de acordo com a fase em que se encontram.

Ao analisar o comportamento dos animais durante o dia, é possível constatar se modificações na temperatura e no ambiente são necessárias. Se os suínos estiverem com frio, por exemplo, é comum que eles fiquem sobrepostos. Desse modo, são necessários ajustes nas cortinas e aquecedores do local.

Confira abaixo mais algumas dicas que podem ser aplicadas durante a maternidade e a creche dos suínos:

Maternidade

Durante a fase de maternidade existem dois objetivos diferentes. As porcas precisam se estabelecer em temperaturas que variam entre 17 e 21 graus, já os leitões precisam de temperaturas mais elevadas, entre 30 e 33 graus. Além disso, é preciso evitar correntes de ar diretas sobre eles.

As primeiras horas de vida para os leitões são cruciais para garantir seu desempenho e sobrevivência, tornando necessário o acompanhamento do parto. Logo após o nascimento é preciso realizar procedimentos de limpeza e secagem, garantindo que não haja perda de calor corporal.

Os cuidados são necessários, principalmente, nas primeiras 72 horas de vida do animal – período em que consiste o maior percentual de mortalidade de leitões. Também se faz necessário garantir que os leitões tenham ótimas condições de aquecimento nos escamoteadores – mantendo estes devidamente aquecidos, secos e iluminados–, evitando os índices de mortes por esmagamento.

Creche

A fase de creche apresenta diversos desafios, principalmente para os leitões desmamados. Mudanças na alimentação, no ambiente e na mistura de leitegadas podem gerar estresse aos animais. No inverno, o cuidado com a ambiência exige uma dedicação a mais ao produtor.

Para evitar mudanças bruscas de temperatura e frio extremo, os manejos de cortinas e do aquecimento do local devem ser observados com atenção. As salas que receberão os leitões exigem uma preparação de 12 horas anteriores ao recebimento, mantendo a temperatura de galpão na casa dos 21 graus – que deve permanecer durante as primeiras quatro semanas -, e temperatura de 28 graus na área de aquecimento diminuindo 1 grau por semana de alojamento.

Eduardo Zielinsky – Gerente de Vendas da Alltech do Brasil

Dúvidas? Fale com a Alltech:



All Categories