Algas - A Plataforma de Crescimento



    Algas são a Base da Cadeia Alimentar

    Alltech Algae

    Alltech Algae in Winchester, Kentucky, is one of the largest algae production facilities in the world. It houses a variety of sizes and types of fermentors for growing heterotrophic algae in a deep tank fermentation system.

    A planta de algas da Alltech (Alltech Algae), fica localizada em Winchester, no Kentucky, e é uma das maiores fábricas de produção de algas do mundo. Comporta uma variedade de tamanhos e tipos de fermentação para o desenvolvimento de algas heterotróficas via um sistema que conta com um grande tanque de fermentação.

    Inaugurada em 2011, a planta de algas da Alltech é uma das maiores fábricas para a produção comercial de algas do mundo. Comporta uma variedade de tamanhos e tipos de fermentação para o desenvolvimento de algas heterotróficas para a aplicação nas indústrias de nutrição na aquicultura, pet food e animais de produção. É equipada com uma planta piloto totalmente funcional – uma réplica miniatura do seu sistema real – o que permite que as nossas equipes de pesquisa e aplicações realizem experimentos com novos produtos e métodos de produção antes de lança-los no mercado.

    Antes vista apenas como um termo da moda na indústria de biocombustíveis, as algas estão ganhando atenção quanto às suas aplicações nas indústrias de ração e alimentos, como uma fonte altamente sustentável de proteína e DHA (ômega-3). Seguindo o mercado, a Alltech continua expandindo a sua planta de algas, uma das únicas fábricas que produz microalgas heterotróficas com altos índices de DHA para o mercado. A planta, capaz de produzir aproximadamente 15 mil toneladas de algas por dia, já passou por atualizações desde a inauguração em 2011.

    Produção de algas heterotróficas

    A maioria das algas produzidas comercialmente são autotróficas. No entanto, após muita pesquisa, a Alltech optou por um caminho diferente, produzindo algas pelo método heterotrófico. Este modelo se utiliza de um sistema fechado e controlado, com um fermentador de ácido inoxidável para o desenvolvimento das algas. A natureza do sistema reduz chances de contaminação e também permite que pesquisadores controlem o processo com maior assertividade, maximizando o valor nutricional. O resultado é uma fonte de DHA (ômega-3) mais puro, consistente e nutritivo.

    Algas como base da cadeia de alimentos

    As algas são os organismos vegetais de crescimento mais rápido na natureza e tem a capacidade de converter grandes quantidades de dióxido de carbono (CO²) em oxigênio. As algas formam a base da cadeia de alimentos aquáticos e podem produzir naturalmente carboidratos, óleos, proteínas, vitaminas e minerais orgânicos que alimentam crustáceos e a cadeia alimentar aquática até o peixe. Com o excesso de pesca e os potenciais problemas com contaminações com peixes, as algas disponibilizam uma oportunidade única para substituir nutrientes antes encontrados apenas em óleos ou farinha de peixe.

    O que é DHA e por que isso é importante?

    Ácido docosahexaenoico (DHA) é um ácido gorduroso ômega-3 encontrado em algumas espécies de algas e planktons e muitas vezes em gorduras de peixes usadas para desenvolver óleo de peixe. Uma grande gama de experimentos e pesquisas têm demonstrado a importância do DHA como um nutriente essencial para a saúde tanto de humanos quanto de animais.

    Em humanos, o DHA ômega-3 é essencial para a saúde mental e desenvolvimento ocular. Significantes níveis de DHA também podem ser indicados para melhorar a função cognitiva e a habilidade de aprendizado para crianças, incluindo benefícios para crianças com déficit de atenção, assim como reduzir os riscos de doença arterial coronariana, depressão e Alzheimer. Quando utilizado em dietas animais, o DHA vindo das algas pode melhorar a imunidade, fertilidade e a saúde no geral, além de enriquecer naturalmente a carne, leite e ovos. Produtores podem adquirir estes produtos como funcionais de valor agregado, alimentos, e o consumidor certamente se beneficiam do conteúdo nutricional dessas fontes.

    Tradicionalmente, o DHA tem sido fornecido via óleo de peixe. A disponibilidade e qualidade desse material para a indústria de ração tem perdido diminuído significantemente. O DHA produzido com algas é uma alternativa viável que pode ser produzida de maneira rápida e sustentável, sem o conhecido “gosto de peixe” encontrado em alimentos com óleo ou farinha do mesmo. Esses alimentos funcionais estão diminuindo a distância que existe entre saúde e alimentação, criando um novo modelo de medicina preventiva. Em particular, a Alltech realiza a aplicação de algas ricas em DHA através da aquicultura, especialmente com a substituição do óleo e farinha de peixe na produção de ração para este setor, enriquecendo a carne que chega ao consumidor final com DHA (ômega-3)

    Algas não são a única ração alternativa [+]

    Dúvidas? Fale com a Alltech