Releases



Uso de minerais orgânicos auxilia na melhora da saúde e desempenho em rebanhos de leite

Produtor aposta nesse tipo de alimentação e explica ter sido essencial em redução da mastite do gado

 

O uso de uma dieta a base de alguns tipos de minerais na forma orgânica trouxe ganhos no desempenho dos rebanhos de leite para produtores de São Paulo e Minas Gerais. No interior paulista, Paulo Augusto administra uma propriedade com produção diária de 1,2 mil litro de leite, e há seis meses mudou a dieta dos animais. Ao optar por uma ração formulada com soluções que contam com minerais 100% orgânicos, o produtor verificou 80% de redução no índice de mastite em seu rebanho. 

Adotando a mesma estratégia, no sul de Minas Gerais, o produtor Wilson Eugênio Assis percebeu a melhora na digestibilidade da dieta das vacas de sua fazenda, que tem 100 animais. Os resultados apontados estão relacionados às características dos minerais em sua forma orgânica, que possuem melhor biodisponibilidade no trato digestivo dos animais e, por estarem na forma orgânica, não interagem com outros ingredientes. 

Além disso, os minerais nesse formato podem melhorar a capacidade de resposta imune, fazendo com que o animal esteja mais preparado para lidar com uma infecção, como o caso da mastite, do que se consumisse uma dieta comum. “Há oito meses apostamos nessa nova formulação, e todos os produtores que optaram por testar, relataram que o produto melhorou diversos aspectos como, por exemplo, a reprodução dos animais e a questão da mastite”, relata Márcio Vassalo, nutricionista da Master Nutrição.

 

Casco

Outro benefício da fórmula orgânica dos minerais é o auxílio em questões relacionadas ao casco. “Quanto mais problema de casco a vaca tiver, menos vai se alimentar e, consequentemente, menos leite vai produzir. Como os animais podem ficar expostos ao contato com barro, ambiente contaminado, ou são criados em confinamento (muito contato com concreto), o uso de minerais na forma 100% orgânica na dieta favorece o fortalecimento dos cascos”, destaca o gerente de gado de leite da Alltech, Daniel Lobato. 

Dúvidas? Fale com a Alltech: