Releases



Conheça os principais cuidados para evitar as micotoxinas durante o inverno

Variações de temperatura podem aumentar incidência na produção

Para melhorar a produtividade e garantir a rentabilidade nesta época do ano, os produtores devem estar ainda mais atentos à produção de bovinos. Isso porque a ocorrência de micotoxinas é maior, uma vez que se aumenta o uso de alimentos conservados e há maior variação de temperatura. Hoje, são conhecidos cerca de 500 tipos de micotoxinas, por isso dificilmente são totalmente eliminadas da produção. Uma pesquisa desenvolvida pela Alltech, que analisou 305 amostras de forragens em oito estados do Brasil, mostrou que 100% das amostras estavam contaminadas com pelo menos uma micotoxina.

Produzidas por fungos devido à má conservação de alimentos, as micotoxinas podem aparecer também na lavoura de milho e trigo, além dos grãos e na silagem armazenada. “Algumas práticas de cultivo para aumentar os índices produtivos na lavoura trazem maior risco de incidência de fungos, como é o caso do plantio direto, no qual se cria uma cobertura no solo e um microclima propicio para maior umidade e menor incidência de luz, o que contribui para o aparecimento de micotoxinas”, explica o gerente de vendas para ruminantes da Alltech, Diogo Foratto.

Entre os efeitos negativos causados pelas micotoxinas estão os problemas relacionados à reprodução, queda na imunidade e diminuição do consumo e do aproveitamento da dieta, o que resultará em menor peso do animal ou produção de leite. Por isso, o especialista alerta para alguns cuidados essenciais:

- Controle de umidade e temperatura: o excesso de umidade no alimento e a variação da temperatura no ambiente favorecem o aparecimento de fungos, que quando estressados liberam as micotoxinas. Por isso, o controle das variáveis é essencial para evitar problemas na lavoura e na silagem.

- Cuidados com a preparação da silagem: este é um dos principais fatores que influenciam no aparecimento de micotoxinas. O alimento deve estar em um tamanho de partículas adequado e bem compactado, pois assim retira-se todo o ar da silagem. Sem o oxigênio evita-se a fermentação não adequada da silagem.

- Uso de adsorvente: o adsorvente de amplo espectro de atuação na dieta funciona como uma esponja, pois atrai as micotoxinas, as quais são excretadas sem serem absorvidas pelo organismo do animal. Um exemplo disso é o Mycosorb A+, da Alltech, feito a partir de leveduras e extrato de algas, que atua em todo o trato digestivo, reduzindo os riscos causados pelos diversos tipos de micotoxinas.

Na criação

Os resultados desses cuidados são vistos na prática pelo produtor Marcio Bohnen, da cidade de Marechal Candido Rondon (PR). “Além dos cuidados no manejo, utilizamos o adsorvente na produção durante o ano todo. Nós sabemos que existem as micotoxinas, porque trabalhamos com milho seco para forragem, mas nunca tivemos problema devido a esse uso constante. A nutrição é a principal parte que você deve investir”, destaca o produtor.