Projeto Haiti Sustentável



Alltech Café Citadelle

Coffee from Haiti, for Haiti. www.AlltechCafeCitadelle.com

A Alltech envolveu-se com o Haiti logo após o devastador terremoto de 2010, o pior a atingir a região em 200 anos. No início, denominávamos nossos esforços de “Ajuda ao Haiti” e iniciamos angariando fundos para ajudar as vítimas. Conforme fomos conhecendo mais sobre o Haiti, logo ficou claro que o país precisava muito mais do que ajuda. Ajuda é rápida, uma resposta emergencial. A ajuda é importante, especialmente após um desastre, mas acaba sendo um esforço de curto prazo.

O Haiti tem problemas sérios de longo-prazo

Os problemas atuais do Haiti ofuscam o desastre do terremoto. É o país mais pobre do hemisfério ocidental. Séculos de pobreza resultam em estruturas de construção e manutenção precárias, além de favelas com casas improvisadas. O epicentro do terremoto foi apenas há 15 km da populosa capital, Port-au-Prince. Cerca de dois milhões de pessoas vivem nessa área de danos estruturais intensos a moderados.

O desmatamento no Haiti é quase total. O corte de madeira feito de maneira insustentável e a limpeza da terra para agricultura teve início com a ocupação francesa e continuou após a independência do Haiti em 1804. Nas últimas décadas, a demanda por carvão para cozinhar acelerou a destruição. Em 1960, cerca de 60% do Haiti era ocupado por florestas. Hoje, apenas 3% do território ainda não foi desmatado. Para agravar ainda mais, a propriedade de terra é mal documentada e as concessionárias de lenha, em busca de renda a curto prazo, não são motivadas a preservar árvores para colheita futura. Quando as árvores são cortadas, suas raízes são cavadas para extrair a maior quantidade de madeira possível. Essa prática resulta em erosão devastadora e torna quase impossível para as florestas serem reflorestadas. O desmatamento e a erosão do solo aumentam a frequência de enchentes e reduzem o potencial agrícola.

O que podemos fazer?

O crescimento econômico sustentável é algo que fará diferença a longo prazo no Haiti. Mitigar a pobreza, mudar práticas de agricultura e silvicultura e fornecer novas fontes de energia – essas são três coisas que devem ser feitas para tornar o Haiti menos vulnerável.

O Haiti necessita de uma economia saudável. Precisa de empresas que criem empregos, paguem impostos e invistam em infraestrutura. Empresas que possam ajudar o Haiti fazendo negócios no Haiti; e os negócios que fizerem devem ser sustentáveis. Não há espaço mais para o comércio tradicional que explora recursos naturais. Não há nada mais para ser explorado.

Promovendo Crescimento Sustentável para uma Pequena Região do Haiti

Estamos planejando a construção de uma fábrica de nutrientes naturais animais, denominada Alltech Haiti, que gerará empregos e recursos para as comunidades do Haiti. Os compradores já se comprometeram a comprar os produtos Alltech que serão fabricados no Haiti e acreditamos que a fábrica não será somente auto-sustentável, mas gerará lucro que será reinvestido na comunidade local. Existe potencial para avicultura, suinocultura e aquicultura entre outros animais, e essa fábrica empregará pessoas e materiais locais. Essa fábrica, parte do Projeto Alltech Haiti Sustentável, apoiará comunidades locais mediante reinvestimento contínuo.

A educação pode ser a fundação para um futuro melhor? [+]