Nutrigenômica: a nutrição nos mínimos detalhes

Written by: Camilo Batiston Prado

Categorias: Nutrigenômica, Suínos
Oct 29
Nutrigenômica: a nutrição nos mínimos detalhes

Germán Borbolla esteve ontem na PorkExpo 2014 onde apresentou a palestra “Nutrigenômica e Nutrição Suína”. O médico veterinário mexicano falou mais sobre a ciência que está modificando a maneira como entendemos a nutrição animal.

Nutrigenômica, ou genômica nutricional, é o estudo do impacto de nutrientes na expressão gênica, o que permite conhecer o mecanismo de ação das substâncias biologicamente ativas, contidas nos alimentos, e seus efeitos benéficos no organismo.

Nossos genes são como interruptores e podem ser ligados ou desligados por determinados nutrientes. Podemos dizer que a nutrigenômica fornece meios para prevenir e tratar o desenvolvimento de doenças por meio da alimentação.

Para essa análise, são utilizadas técnicas de biologia molecular, como a Northern bloting ou RT-PCR (real time polymerase chain reaction) em tempo real, que analisam a expressão de um número limitado de genes. No Centro de Nutrigenômica da Alltech, nos Estados Unidos, os cientistas usam o DNA microarranjo (microarray, em inglês), um método que consegue determinar a expressão de milhares de genes simultaneamente.

E como se faz a leitura destes genes? Uma técnica de microarranjo foi desenvolvida para examinar especificamente a expressão genética em tecidos de suínos e de aves. O progresso no projeto de genoma suíno e de aves mais os avanços sobre a interpretação da sequencia de nucleotídeos, associada a genes específicos de suínos permitiu a criação de microarranjos específicos que podem ser usados para avaliar 23256 transcrições correspondentes a 20201 genes do genoma de suínos. A ferramenta usada é um gen chip da empresa americana Affymetrix.

Segundo Dr. Germán Borbolla, há 30 anos a nutrição buscava evitar possíveis deficiências ou doenças. Atualmente, além de evitar enfermidades, a busca é pela máxima eficiência ao menor custo possível. Para ele o próximo passo é o reforço constante da imunidade e nutrigenômica é uma das ferramentas chave para esta próxima etapa.

A disciplina já se dedica ao estudo nutricional para humanos, mas em relação aos animais o enfoque é sobre eficiência produtiva, deposição muscular, gordura corporal, rendimento reprodutivo e estimulação do sistema imune. O principal objetivo desta ciência relativamente nova é o desenvolvimento de alimentos que mantenham a saúde animal.

O pesquisador deixou bem claro que existe uma grande diferença entre nutrigenômica e transgenia. Nesta última, o que acontece é a introdução de genes que modifiquem características do organismo para um benefício qualquer. Na nutrigenômica, o que ocorre é a ação de nutrientes específicos sobre determinados genes já existentes. O nutriente adequado pode inativar um gene que codifica a resposta ao estresse e assim melhoramos a produtividade, por exemplo.

Aqui na Alltech, muitas de nossas soluções são desenvolvidas de acordo com os princípios da nutrigenômica, ou seja, estimular o melhor potencial genético dos animais através da nutrição. A alta tecnologia para todas estas descobertas pode até ser um pouco complicada, mas no fim das contas o raciocínio é bem simples. Com dietas animais melhores, que possibilitem que os animais atinjam seu melhor desempenho, podemos obter alimentos de maior qualidade para o consumo humano.

Quer saber um pouco mais sobre o assunto? Assista o vídeo, mesmo em inglês dá pra ter uma boa ideia do assunto. 



All Categories