Segurança alimentar: mais qualidade de vida para os pets

Jan 15
Segurança alimentar: mais qualidade de vida para os pets

É preciso considerar a fonte da dieta, ingredientes e qualidade para ter pets mais saudáveis

Uma pesquisa realizada pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) revelou que 76% dos brasileiros têm, pelo menos, um animal de estimação. Por serem considerados parte da família em muitos lares, é preciso estar atento à alimentação e bem-estar dos animais.

Em 2016, a indústria pet brasileira foi responsável por um faturamento de mais de R$ 18,9 bilhões – alcançando o terceiro lugar absoluto no mercado mundial, atrás apenas dos Estados Unidos e Reino Unido. Esses valores refletem o quanto seus donos se preocupam com a saúde de seus pets e, também, com a saúde dos membros da família que interagem com eles diariamente.

Confira as vantagens do Mycosorb A+

Ao buscar o melhor que existe em comida e nutrição, é preciso considerar a fonte da comida, seus ingredientes e qualidade. Mas, a real segurança dos alimentos vai além dessas considerações, fazendo com que seja analisado também o potencial que a comida tem de interferir no desenvolvimento dos animais e também das pessoas.

Problemas como resquícios de melamina e micotoxinas, relacionados a produtos vegetais, precisam ser previstos e prevenidos para a segurança alimentar não só dos pets quanto dos membros da família. Por isso, no caso das fábricas de ração, o controle da qualidade dos grãos e a formulação dos alimentos, é essencial para minimizar os riscos e garantir uma melhor segurança alimentar e bem-estar para os pets.

A Alltech desenvolve soluções para evitar que ocorram esses obstáculos na alimentação dos animais de estimação. Clique aqui e conheça.



All Categories